Assistentes sociais lutam por redução da carga horária de trabalho

Na reunião da câmara municipal do dia 06 de novembro vários profissionais da área de assistência social foram à casa legislativa para acompanhar o andamento de um projeto de lei enviado pelo executivo que propõe a redução da carga horária da categoria de 40 para 30 horas semanais. O presidente da câmara, vereador Jean Rodrigues disse que o projeto será votado nos dias 20 e 27 de novembro.

“Esse projeto visa adequar o trabalho dos assistentes sociais daqui de Brasília de Minas ao que rege a lei nacional que é de 30 horas e não 40. Nos dias 20 e 27 nós vamos colocá-lo em votação para saber se será aprovado ou não”, disse o presidente.

Daniel Afonso Pinto, coordenador do Núcleo de Assistentes Sociais de Brasília de Minas e Região, disse que a carga horária deve ser reduzida sem nenhuma perda salarial.

 

“A lei federal diz que a carga horária deve ser de 30 horas semanais sem a redução de salários, e Brasília de Minas é um dos poucos municípios que não têm a carga horária de 30 horas semanais, então esse projeto que veio do executivo, veio para a adequar à legislação federal. Como é um projeto dessa natureza, eu tenho a convicção de que ele será aprovado aqui nessa egrégia casa”, ressalta Daniel.

 

Please reload

© 2020 Aconteceonline.net - Todos os direitos reservados - Brasília de Minas-MG