Lula: ‘quadrilha legislativa implantou a agenda do caos no Brasil’

25/04/2016

Em sua primeira manifestação pública depois da aprovação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff pela Câmara dos Deputados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira que a Casa é comandada por uma "quadrilha legislativa que implantou a agenda do caos no Brasil” durante seminário realizado, em São Paulo, pela Aliança Progressista, rede de partidos de vários países. O petista fez ainda um mea-culpa e reconheceu as falhas do governo que levaram à insatisfação da população.

 

Com voz rouca, Lula preparou um discurso, que foi lido pelo diretor de seu instituto e ex-ministro Luiz Dulci durante o encontro.

 

- A oposição derrotada por quatro vezes optou por uma atitude golpista, para voltar ao poder (…) voltar com a agenda neoliberal - disse Lula no discurso lido por Dulci. E, no texto, acrescentou:

 

- Uma quadrilha legislativa implantou a agenda do caos.

 

O ex-presidente falou ainda que “a população do Brasil sofre com falhas do governo, que precisam ser corrigidas”. Apesar do mea culpa, o ex-presidente acusou a oposição de trabalhar para "aprofundar o caos" por não aceitar o resultado da eleição de 2014. Disse que o que acontece atualmente “envergonha o Brasil aos olhos do mundo” e que a defesa de Dilma foi ignorada, não passando de “mera formalidade”. Lula declarou também que “a solução dessa crise passa pela manutenção do processo democrático”.

 

O seminário se mostrou uma nova oportunidade para o petista criticar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, segundo ele, deflagrou o processo de impeachment de Dilma porque o PT não aceitou ajudá-lo no Conselho de Ética da Casa:

 

- Foi um gesto claro de vingança.

Please reload

© 2020 Aconteceonline.net - Todos os direitos reservados - Brasília de Minas-MG