'Um terço da propina em Furnas ia para Aécio', diz delator à Justiça

04/02/2016

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, que conduz as investigações da Lava Jato, o lobista Fernando Moura afirmou que “um terço da propina de Furnas era destinada a Aécio Neves”. As informações são da Folha de S.Paulo.

 

O depoimento foi dado em resposta a questionamento do Ministério Público Federal, feito na última quarta-feira (3) em Curitiba. Segundo ele, Furnas era uma estatal controlada pelo hoje senador Aécio Neves (PSBD-MG), cujo indicado para diretoria foi escolhido pelo próprio.

 

Em nota, a assessoria de imprensa do PSDB definiu as citações de Moura a Aécio como “declaração requentada e absurda” e também afirmou se tratar de uma “velha tentativa de vincular o PSDB aos crimes cometidos no governo petista”. A nota ainda garante que o partido “jamais fez qualquer indicação para o governo PT”.

 

Tags:

Please reload

© 2020 Aconteceonline.net - Todos os direitos reservados - Brasília de Minas-MG