Cunha perde votação, manda votar de novo e, aí, ganha


Numa sessão que entrou madrugada adentro, nesta quinta-feira, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi derrotado numa votação, não admitiu a derrota, arranjou para que o tema fosse votado de novo e, aí, finalmente saiu vitorioso. Os deputados votavam a criação da Comissão da Defesa dos Direitos da Mulher e da Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa. A Comissão da Mulher foi o centro da polêmica. Na noite de quarta, parlamentares do governo, com apoio de parte de oposição, conquistou maioria para adiar a votação. Mas Cunha anunciou outro resultado e foi questionado pelos deputados vencedores, que chegaram a subir na Mesa Diretora e acusaram o peemedebista de promover um "golpe".

2 visualizações0 comentário
VIVO.jpg
AMAZON.jpg
LENOVO.png
POSITIVO.jpg
AMERICANAS.jpg
MOTOROLA (1).webp

© 2020 Aconteceonline.net - Todos os direitos reservados - Brasília de Minas-MG