Lula vê impeachment “iminente”, diz o jornal Folha de São Paulo


O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva demonstrou pessimismo após o rompimento do PMDB com o governo Dilma na terça-feira (29).


Segundo interlocutores, Lula vê que a única saída é investir na negociação direta com parlamentares, mas observou as dificuldades de deter o impeachment da presidenta depois de assumir o papel de articular o governo.


Nas conversas, deputados estão resistentes ao apelo para que votem contra o impeachment de Dilma. Essa reação preocupa Lula. Em alguns casos, a atuação dele como articulador dificultou a abordagem de parlamentares. Ainda segundo aliados, Lula ficou assustado com a falta de defensores do governo na reunião com PMDB e esperava suporte de peemedebistas como o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o que não aconteceu, publicou a Folha de S. Paulo.


Em busca de novas saídas, petistas e representantes de movimentos sociais traçam a estratégia de questionar na Justiça a legitimidade do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)


2 visualizações
VIVO.jpg
AMAZON.jpg
LENOVO.png
POSITIVO.jpg
AMERICANAS.jpg
MOTOROLA (1).webp

© 2020 Aconteceonline.net - Todos os direitos reservados - Brasília de Minas-MG